Muitas gargalhadas já foram dadas com todos os memes e piadas sobre as dietas pós o período da Páscoa internet afora. Mas a verdade é a de que se você está em dia com a balança e rotina de exercícios, a Páscoa e seus efeitos não são esse bicho enorme de sete cabeças.

moises

Você almoça com a família, come doces durante todo o dia e segunda-feira, retoma a alimentação saudável que tinha, sem muitas diferenças na balança e culpa nos pensamentos.

Mas a questão é que, nem sempre os que mais aproveitam a Páscoa são os mais magrinhos. Os sedentários e as pessoas com maus hábitos alimentares tendem a se exceder nessas datas, saindo do controle, e principalmente, não conseguindo sair de um ciclo vicioso difícil de se quebrar.

A culpa por ter perdido o controle sobre a sua alimentação e as escolhas saudáveis da vida, pode te afastar dos seus objetivos, te impedindo de tomar as rédeas do seu corpo e saúde. Como se você não fosse conseguir ser saudável novamente…

Se esforçar para que?

E começam a circular dietas milagrosas que prometem mundos e fundos em pouquíssimo tempo. Você emagrece um pouquinho e volta ao ciclo vicioso já introjetado e continua se sentindo culpada.

Vamos pensar diferente dessa vez?

E é aí que entra o segredo já conhecido, a dupla infalível de quem quer perder peso: alimentação equilibrada e exercícios físicos. Lembrando sempre que essa dupla pode ser adaptada a sua individualidade, gostos, e preferências.

O pulo do gato está aqui, emagrecer com prazer!

No blog FV temos várias dicas de novidades no mundo dos exercícios, que tal dar uma pesquisada?

Sempre me foi ensinado que, mais do que ganhar chocolates, a Páscoa é um período de renovação, daí termos o coelho como símbolo, por ele ser um animal que procria com rapidez renovando sempre a espécie. Tal renovação pode ser feita por você!

Aproveite esta época para se transformar, e assim, quem sabe, a sua Páscoa do ano que vem envolverá bem menos o sentimento de culpa. Afinal de contas, “daqui a um ano, você vai desejar ter começado hoje”!

Beijos e até logo,

Luiza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.