Sobre limites e excessos

10
maio

Recentes pesquisas apontam na direção de que muito em breve a pílula que permitirá ao homem comer o quanto quiser, sem o risco de contrair doenças ou engordar, estará disponível nas prateleiras das farmácias. Sonho de consumo de dez entre dez gulosos ao redor do mundo, tal feito da ciência, ainda que fantástico e alvissareiro,… Leia mais »

“A necessidade, que é mãe das invenções.” 

03
maio

Não teve tempo de preparar o jantar? Dê uma passadinha no supermercado mais próximo e compre um congelado qualquer. Problema resolvido! Quer usar aquela calça que comprou dia desses no shopping e a barra está comprida? Fácil! Alguns centímetros de fita autocolante e voilá! Você, de roupa nova! Deu “pau” no computador? Ligue para o… Leia mais »

Há coisas com as quais não se brinca! Nem de brincadeira!

26
abr

A matéria de um jornal esportivo deste fim de semana nos trouxe a inacreditável notícia do grupo de torcedores de um clube de futebol sul do país, que a título de provocação ao time adversário, no final da partida entoou o refrão: “ão, ão, ão, abastece o avião”. Nem é preciso dizer que o tal… Leia mais »

Fernando de Noronha

19
abr

Santuário ecológico, Fernando de Noronha, além de apresentar cenários paradisíacos, de oferecer um leque farto de opções de lazer, de ser berçário de inúmeras espécies de aves e animais marinhos e destino certo para os amantes dos esportes náuticos, também tem muita história para contar. Desde o início da colonização brasileira esse conjunto de vinte… Leia mais »

Marmiteira sim, com muito orgulho!

12
abr

Minha briga com a balança remonta aos tempos idos da infância. Menina rechonchuda, olho grande para qualquer porcaria comestível, muito cedo ganhei fama de gulosa a ponto de não saber dizer qual o meu prato predileto quando questionada. Acho que a minha melhor resposta para essa pergunta foi, é e sempre continuará sendo o prato… Leia mais »

Pode a cor ter som ou o cheiro ter sabor?

05
abr

Músicos e cancioneiros são mestres em divagar sobre o que lhes aflige e para esses imaginativos artistas é natural que o dia seja branco, como canta o nordestino Geraldo Azevedo ou que desejem uma vida cor-de-rosa, como sonha  o compositor Amado Batista. Mas isso de misturar os sentidos não é um privilégio restrito ao mundo… Leia mais »