Cirurgia plástica. O assunto é polêmico. São questionamentos de uma pessoa muitas vezes angustiada, reprimida, porém esperançosa e até superestimando as possibilidades de um resultado.

São pessoas que se sentem descontentes com alguma parte do corpo. Pouco peito ou peito demais, gordurinhas na barriga, nariz indesejável, enfim, acha que tem algum defeito nas partes do corpo em geral.

A cirurgia estética tem o objetivo de realizar melhoras em sua aparência. Situações que não lhe causam prejuízo da ordem funcional, mas sim de ordem psicológica.

A pessoa quando se submete a tal intervenção cirúrgica estética não a faz com intenção ou propósito de obter alguma melhora em seu estado de saúde, mas sim para melhorar algum aspecto físico que não lhe agrada.

O que ocorre é que ao fazer o ato cirúrgico estético, o paciente acaba por ter um ganho real de saúde, pois, o mal estar de ordem psicológica que vinha afetando sua saúde ao longo do tempo desaparece.

cirurgia-plastica-fabian2a

Você percebe que uma cirurgia plástica é bem vinda quando algo em seu corpo te incomoda demais e de alguma forma te prejudica, e se existe tecnologia segura e eficiente que pode ajudar a você se sentir mais feliz e o seu orçamento permite, porque não fazer?

Se você pensa em fazer uma cirurgia plástica, procure um cirurgião especialista da sociedade brasileira de cirurgia plástica que lhe dê uma visão real do que é possível e do que é impossível.

Este profissional qualificado irá lhe auxiliar a ter uma expectativa real sobre as alterações físicas e suas consequências possíveis, chegando mesmo até a desaconselhar a intervenção caso constate que não seja algo que você necessite.

Não existe mágica. Materiais de qualidade e uma boa internação não podem ser de baixo custo, por isso desconfie de facilidades como cirurgias milagrosas em consultórios e preços incoerentes com o mercado.

Procedimentos estéticos com custo muito abaixo do normal devem ser questionados se envolvem escolhas de materiais de qualidade questionável e internação em locais inadequados. O barato pode acabar saindo muito mais caro, tanto para o seu bolso quanto para a sua saúde.

Um comentário para “Cirurgia plástica: vale a pena fazer?”

  1. irene

    Boa noite, acho maravilhosos os procedimentos que a senhora faz, fico encantada, gostaria muito que a senhora falasse sobre o hidrogel dando explicações sobre o produto e os riscos, obrigada

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *