Se você também já ficou algum tempo na piscina e saiu com o cabelo verde, não se assuste, não foi o único. Este fenômeno é mais comum do que podemos imaginar. Porém, qual o motivo disto acontecer? Geralmente, cabelos loiros ou mais claros tendem a ficar com este tom esverdeado mais facilmente, não que seja inatingível aos cabelos escuros, mas por ter a cor forte não fica tão visível como nos loiros e claros. A maioria acredita que o causador desta coloração é o cloro, mas enganam-se.

Na verdade, quando os cabelos estão ressecados, os fios tornam-se “porosos” permitindo que certas substâncias penetrem na queratina dos fios. Neste caso, geralmente são as pontas dos cabelos que apresentam este tom verde, por estarem sempre mais ressecadas que a raiz.

A substância que faz com que isto ocorra é o cobre, que está situado nas tubulações da piscina ou em produtos utilizados para limpeza e manutenção da água. Aos poucos, o cobre dissolve-se na água juntamente com os ácidos existentes para baixar o nível do PH e vai transformando-se em sal solúvel. É este sal solúvel que penetra nas unhas e cabelos, trazendo a cor verde tão indesejada.

Outro responsável é o sulfato de cobre, substância química azulada que combate as algas, ele é usado junto ao cloro para controle da água.

Para evitar que seus cabelos fiquem verdes ao entrar na piscina lembre-se de sempre lavar com água doce e aplicar um leave-in ou creme hidratante mais pesado, de preferência com filtro solar, antes de entrar na piscina, e também depois que você sair da água. Umedeça os fios antes de entrar na piscina. Assim, se os fios estiverem ressecados, já terão absorvido água antes do primeiro mergulho e ficam naturalmente blindados aos agentes externos.

Mantenha o leave-in sempre em sua bolsa, e reaplique várias vezes ao dia quando estiver se expondo ao sol, assim além de proteger de ficar com os cabelos verdes, você também os protege do ressecamento.

Existem diversas “soluções caseiras” para amenizar o tom esverdeado do fio (se isso já ocorreu), os mais comuns são: leite, bicarbonato, vinagre…mas na maioria das vezes não resolvem, há a necessidade de um tratamento profundo, começando com um shampoo anti resíduo, ou até mesmo aplicação de coloração para neutralizar o tom verde. Procure sempre um profissional habilitado para isso, quanto mais tentativas forem feitas, maior será o dano aos fios.

Outro alerta da expert é em relação ao shampoo roxo, que não deve ser usado para reverter o esverdeado dos fios. Esses produtos são feitos para evitar reflexos amarelados, não verdes. Se você utilizá-los nesse momento o resultado pode ser uma cor ainda mais diferente, o que não é indicado.

Fonte: http://www.orangecosmeticos.com.br / www.segredosdesalao.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.