O Addyi, o famoso viagra feminino liberado pela Anvisa e já muito comentado por aqui, não está correspondendo às expectativas de vendas. Em suas primeiras semanas teve apenas 227 prescrições, sendo que chegou ao mercado americano em outubro. Em contraponto, mais de meio milhão de homens receberam prescrições para o Viagra no primeiro mês do medicamento no mercado, no ano de 1998.

O medicamento, como já mostramos em um post aqui no blog, seria indicado para mulheres na menopausa com algum tipo de transtorno do desejo sexual hipoativo. Já escrevi aqui sobre como a libido muda e se transforma ao longo da vida sexual de uma mulher, e está diretamente relacionada a subjetividade. Desta maneira, acredito que o simples ato de medicar-se é muito simplista para contornar uma questão tão complexa e individual.

O preço do Addyi pode também não ser um grande incentivador, cada pílula custa em média 26 dólares, e por ter de ser ingerido diariamente a conta fica bem salgada para as mulheres interessadas…

Vamos ver as novas notícias sobre essa pílula que está dando o que falar!

Beijos e até logo,

Luiza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *