Após uma cirurgia plástica é normal um pouco de inchaço, principalmente nos primeiros dias e por isso é necessário fazer repouso nesse período, pois o edema (inchaço) pode levar à fibrose, nodulações e comprometer os resultados da cirurgia.

Dessa forma, é muito importante seguir as orientações médicas e os devidos cuidados, a fim de evitar maiores transtornos.

Algumas alternativas podem ajudar a melhorar os edemas como, por exemplo, usar roupas confortáveis, principalmente que não sejam muito justas na região operada, de tecidos leves e de algodão, evitando a lycra e o jeans.

Beba bastante água, pelo menos 2 litros por dia. Para quem não gosta de tomar água, uma boa dica é preparar as águas saborizadas, com rodelas de frutas e ervas (hortelã ou alecrim). Faça a combinação que mais te agradar. Acrescentar algumas  rodelas de gengibre também é uma ótima pedida, pois além desinchar ainda aumenta o metabolismo.

Consuma alimentos diuréticos, como melancia, abacaxi, agrião, salsinha, kiwi, alface,  melão, pepino, pera etc..

Os sucos verdes e detox também são ótimos diuréticos naturais , exatamente por ter uma mescla desses alimentos acima. A melhor hora de consumir esse tipo de suco é pela manhã, mas atenção, não coe seu suco verde detox, assim você consome também as fibras que ajudam  muito na digestão.

Use menos sal na hora de fazer a sua comida e evite ingerir alimentos industrializados, todos eles levam muito sódio na sua composição e causam inchaço, assim como as bebidas gaseificadas (refrigerantes e afins), que ainda dilatam o estômago causando um inchaço abdominal ainda maior.

O uso das cintas compressivas é de extrema importância! Principalmente em cirurgias com grandes descolamentos pois o inchaço tende a ser maior.

O uso de alguns medicamentos também pode ser um vilão no pós operatório, pois alguns tipos de remédio têm como efeito colateral justamente o inchaço. Converse com seu médico e informe todos os tipos de medicação que utiliza para que ele possa te orientar da melhor forma na sua recuperação e cicatrização.

A drenagem linfática e a fisioterapia são excelentes técnicas que ajudam muito a aliviar e atenuar os edemas. Porém, o médico deverá orientá-la sobre o momento adequado para realizá-los e qual tipo de procedimento deverá ser feito, já que cada caso é um caso.

Sempre converse com seu médico e esclareça todas as dúvidas.

Fontes: https://blogdajuly.comCirurgia Estética / Drenagem linfática

Um comentário para “Aliviando os edemas no pós-operatório”

  1. Avatar

    Nanci

    Ola Dra, tenho uma DUVIDA ESTOU COM 54 AGORA DESDE MAIO COMECECEI A SENTIR MEU ROSTO QUEIMAR ENTAO MINJA GINECOLOGISTA ME PASSOU ESTROGENIO EM GEL E PROGESTERONA EM CREME BIOIDENTICO EXIGI OS BIOIDENTICOS CLARO.. A QUESTAO E: PRA FAZER UMA MINI ABDOMENOPLASTIA COM A SENHORA TERIA QUE PARAR DE APLICAR ESTES 2 HORMONIOS QUANTO TEMPO ? OBG UM BEIJO QUERO MUITO CONHECE-LA PESSOALMENTE SOU SEGUIDORA. JA FIZ PERGUNTAS SOBRE O FIO valores. Obg

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.