“O que tem de bom em Chicago?” Foi a pergunta que fiz ao meu marido quando ele me convidou para visitarmos sua prima idosa que mora há mais de quarenta anos naquela cidade. Sobre Chicago eu só sabia que ventava muito, que o cruel gângster Al Capone comandou o negócio ilegal de bebidas durante a… Leia mais »

Alguém sabe dizer como começou, quem inventou ou por qual motivo estamos sempre nos justificando? Repare bem! Se hoje, até o presente momento, você ainda não se justificou para alguém é bem provável que o faça até o final do dia e caso isso não aconteça, de amanhã não passará. Pode apostar! Acabei de mandar… Leia mais »

Eles trazem vidas à luz e enfrentam batalhas contra a escuridão da morte. Eles tratam dos nossos problemas físicos e das nossas dificuldades emocionais. Eles precisam ser perfeitos, amigos, gentis, didáticos, elegantes e “barateiros”. Devem aceitar o nosso plano de saúde, têm que atender ligações no meio da noite e precisam largar tudo e sair… Leia mais »

Minha amiga teve câncer de mama! Ela foi a primeira pessoa a me acolher de braços abertos quando eu cheguei a São Paulo sem conhecer ninguém e sem qualquer membro da minha família por perto. Loura, bonita, empreendedora, no auge dos seus quarenta e quatro anos, casada com um homem bonitão e muito bem-sucedido, mãe… Leia mais »

As estatísticas revelam que mais de quinze milhões de turistas visitam a cidade de Londres a cada ano. Chegam de todas as partes do mundo, permanecem alguns dias ou um pouco mais, percorrem as avenidas, formam filas nos cartões postais, lotam os meios de transportes públicos, as lojas e os restaurantes. É assim também em… Leia mais »