Todas vocês, mulheres, lendo esse texto agora devem estar pensando sobre qual ditadura estou me referindo. A famosa ditadura da beleza?

Na verdade, estou querendo ir um pouquinho mais além. A realidade é que muitas imposições são feitas às mulheres na nossa sociedade atual. Temos de ser implacáveis no trabalho, multifuncionais nas tarefas domésticas, e nos apresentar bem diante de todos a maior parte do tempo.

Ditadura difícil essa da suposta perfeição. Muitas vezes achamos que estamos chegando lá, perto de ser “perfeitinha”, quando na verdade só estamos fazendo mais e mais coisas ao longo do nosso dia e complicando nossa rotina de afazeres cada vez mais.

Ditaduras são sempre maneiras austeras de se ver uma situação, com ordens para determinar e seguir. Mulheres são um oceano em um único corpo, sempre singulares em seu modo de pensar, sentir e agir.

Dito isso, poderíamos imaginar uma maneira democrática ao enxergar a feminilidade contemporânea.  Democrática pois considera que todas as mulheres podem fazer o que gostam, quando gostam, do jeito que gostam de acordo com o tempo que elas têm. Celebrando todas as características particulares e diferenças entre todas nós!

Well-Woman-Exam

 

Dia 8 de março, é o “Dia Internacional da Mulher”, data onde se comemora nosso gênero em toda a sua multiplicidade. Gostaria de presentear todas as nossas leitoras com esse pensamento, para refletirmos sobre como podemos ser mais felizes nos cobrando menos, e continuando a ser reconhecidas por tudo o que conseguimos realizar!

Parabéns a todas por neste dia, e em todos os outros!

Beijos e até logo,

Luiza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.